| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Hoje é o dia do (meu) pai


És o melhor pai do Mundo! Sempre foste o meu Super-Homem
Talvez por não ter convivido diariamente contigo durante a infância, mas cada noite que o trabalho te proporcionou algum tempo em família, tu estiveste sempre lá para nós
- Lembraste? Quando partiste o dedo do pé, desejei que partisses os outros nove, só para te poder ter connosco a tempo inteiro, foi nesse verão que nos ensinaste a nadar
- Lembraste? Quando nos punhas de castigo por andarmos à bulha, e cinco minutos depois nos mandavas ir brincar porque te pesava na consciência e te fazia doer esse coração mole?
Foste, és e serás um exemplo como homem, pai, marido e amigo. És um protector que nos guardou debaixo da sua asa e sempre impediu (ou tentas-te, pelo menos) que nada de mal nos afectasse
Com o passar dos anos fui crescendo e o tempo mostrou-me que super-homens existem apenas na televisão e tu passaste a ser [apenas] uma pessoa, um humano, o homem, o pai, o amigo… Comecei a olhar para as tuas qualidades que deixavam transparecer alguns defeitos, pois, és humano e nos humanos não existe perfeição, nem mesmo tu… Ainda que transpareçam os defeitos, há em ti qualidades que em mais ninguém consegui encontrar ainda
És melhor pai do Mundo, és o meu melhor pai do Mundo, porque nunca desejaria ter um pai diferente de ti, ainda que hajam pais muito mais presentes, muito mais compreensivos, muito mais… nenhum deles é como tu, e sabes porquê? Porque tu és único e felizmente és meu…
Sei que já ultrapassaste a barreira da metade de vida, embora te continue a ver exactamente como via quando tinha apenas quatro ou cinco anos, e por isso, e a partir de hoje vou desfrutar de cada bocadinho que a vida nos permita estar juntos, vou inventar almoços de família, lanches de amigos, passeios por aí ou apenas tardes só connosco, mas uma coisa te garanto, hoje e como na maioria das vezes eu não trocaria a tua companhia por nada nem ninguém neste mundo
Obrigada por seres quem és, por me teres ensinado tanto, mas principalmente por me teres mostrado o valor da nossa palavra, o erguer a cara sem medo nem vergonha e principalmente por teres posto para trás das costas o teu orgulho em prol da minha felicidade… Não sei se um dia estarei como mãe à altura daquilo que foste e és como pai, mas uma coisa é certa, serás sempre o exemplo que procurarei Obrigada pela vida que nos dás a todos, eu sei que tudo o que fazes é por nós.

[Só queria ter a meu lado alguem assim, tão, como tu]

2 comentários:

*