| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

a vida

A vida muda mas nem tudo muda com a vida, por mais voltas que dê na minha cabeça, há coisas que não consigo entender. Pessoas que mudam de "amores" de um dia para o outro, não falo de “casos”, “aventuras”, “curtes” porque isso mudam como quem muda de camisa, refiro-me a amores, paixões ou qualquer outro sentimento que se diga forte, com pilares, pés e principalmente cabeça. Há pessoas que hoje estão loucas por este e daqui a meia dúzia de dias são loucas por aquele. Será que sou a única de ideias fixas? Será que sou a única teimosa? Será que sou a única demasiado lenta a partir para outra quando é preciso? Ou será que estes "amores" e estas "paixões" que dizem sentir, não passam simplesmente de carências afectivas e/ou sexuais?

3 comentários:

  1. Talvez sigam apenas a Moda... ou seja não é amor. É apenas moda dizer que se ama.

    ResponderEliminar
  2. nao es so tu que es de ideias fixas...
    nao es so tu que es demasiado lenta...
    eu tambem o sou.

    engraçado vivi muito tempo a gostar de pessoas não pelo grande sentimento que dizia sentir (sim pelo menos era o que eu pensava que sentia)mas sim por uma carência afectiva (não sexual)... ou seja não havia descoberto a verdadeira essência do amor... mas no momento em que a descobri no instante seguinte a perco...
    estive tão perto :(

    por isso é que te digo que em todas as tuas interrogações eu penso igual...

    ResponderEliminar

*