| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

*


Numa sala de aula, onde estavam várias crianças, uma delas perguntou à professora:
- Professora, o que é o amor?
A professora sentiu que a criança merecia uma resposta à altura da pergunta inteligente que fizera.
E como já estava na hora do recreio, pediu que cada aluno desse uma volta pelos jardins da escola e trouxesse o que mais despertasse nele o sentimento de amor.
As crianças saíram apressadas e depois de alguns minutos voltaram à sala.
A professora esperou que todas sentassem e, quando o silêncio se fez, ela cobrou a tarefa que lhes havia dado:
- Quero que cada um mostre o que trouxe consigo
A primeira criança disse: ─ Eu trouxe esta flor, não é linda?
A segunda disse: ─ Eu trouxe esta borboleta. Pelo colorido das asas, vou guardá-la na minha coleção.
A terceira criança completou: ─ Eu trouxe este filho de passarinho. Ele caíu do ninho com com outro irmão
E assim as crianças foram mostrando tudo o que tinham encontrado lá fora e que pudesse representar o amor.
Terminada a exposição, a professora notou que uma das crianças tinha ficado quieta o tempo todo. Ela estava muito envergonhada, pois nada havia trazido.
Então a professora aproximou-se dela e perguntou:
 - Minha querida, por que não trouxeste nada?
A criança timidamente respondeu:
- Desculpe, professora, eu vi a flor e senti o seu perfume, pensei arrancá-la, mas preferi deixá-la para que o seu perfume fosse sentido por mais tempo. Vi também a borboleta, leve e colorida, ela parecia tão feliz que não tive coragem de prende-la. Encontri um passarinho caído entre as folhas mas, ao subir a árvore, reparei no olhar triste da sua mãe e preferi devolvê-lo ao ninho. Portanto professora, trago comigo o perfume da flor, a sensação de liberdade da borboleta e a gratidão que senti nos olhos da mãe passarinho ao ver o seu filhote de volta, são e salvo. Como posso mostrar o que trouxe?
A professora agradeceu a todos e, olhando a criança de mãos vazias, disse-lhe:
- Tu foste a única que percebeu que só podemos trazer o amor no coração

4 comentários:

  1. cheguei aqui de novo. e gostei do blog, a unica cosa que posso dizer é que não se conseguem ler os textos. o fundo não deixa que o texto seja facil de ler, foi com grande esforço que cheguei ao fim da leitura. tive que seleccionqar o texto. porque não, na coluna dos posts, colocar um fundo liso? é só uma sugestão :)

    ResponderEliminar
  2. Obrigada joana

    O Blog estava com fundo branco, não percebo porque ou quem alterou :(
    Obrigada pelo alerta, vou tratar de resolver
    Beijinho*

    ResponderEliminar

*