| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

escolinha, escolinha


A professora do Piolho já anda nas lides de ensinar, há largos anos, e por isso ofereceu-me desde o inicio os últimos dois anos uma certa confiança, falo de confiança no sentido de expressar a certeza da experiência profissional, contudo, embora até aqui as coisas tenham corrido dentro da normalidades, a partir do final do segundo período escolar tenho notado uma certa implicância em relação ao meu filho.
Amo o Piolho como qualquer mãe ama um filho, ou talvez um bocadinho mais, mas disso já falei por aqui. Para uma mãe não é simples ou fácil assumir e aceitar asneiras dos filhos, também já se falou disso uma vez, ou outra, por cá, certo é que não se pode fechar os olhos e fingir que no passa nada - porque passa! Passa e não pode passar impune, pois quem desculpa uma vez, desculpa duas ou três e com tal há que corrigir, e cada um corrige à sua maneira, como pode, como sabe ou como quer... 
Até aqui estaríamos entendidos se mais não houvesse para contar, mas a Senhora Professora decidiu que o Piolho está PROIBIDO de sair da sala de aula durante todo o dia, excepto no horário de almoço. Esta situação mantém-se há duas semanas, inicialmente deduzi que seriam alguns dias, uma semana, talvez, mas duas semanas e perspectivas para assim continuar até final do ano, começa a dar-me um certo nervoso miudinho, afinal os intervalos servem exactamente para quê? Não será para descomprimir, descarregar energias e brincar por serem crianças? 

Hoje voltei a deixar recado na caderneta, afim de reunir com a Senhora Professora e tentar perceber exactamente o que se passa, não vá o Piolho andar a contar apenas parte da historia, espero que desta vez haja mesmo data e hora e não apenas a assinatura da professora à semelhanças das duas vezes em que mandei recado na semana passada

4 comentários:

  1. Anónimo6/03/2011

    acho mesmo que deves ter uma conversa com essa senhora, nenhum professor PODE TIRAR o intervalo de uma criança, muito menos por tempo indeterminado ou exagerado. Não te cales

    ResponderEliminar
  2. Querida Smile, deves mesmo conversar com a professora, pois estou a achar o castigo demasiado longo... e tu sabes que fui professora ;)

    ResponderEliminar
  3. Convém esclarecer isso mesmo...

    ResponderEliminar

*