| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Onde estão?


Queriam saber onde estão aquelas pessoas verdadeiras, que não se compram mas também não se vive sem elas?
Aquele amigo/irmão que mudou para o lado oposto do mundo mas que não pensa duas vezes antes de pegar no carro, no barco ou no avião e fazer uma visita, se preciso for, ou mesmo que não seja, que se move até nós em rpol da palavra saudade, nem que seja só para olhar nos olhos, sentar ao nosso lado ou ouvir a voz, qualquer coisa. Aqueles tipos que não são usados por se ter alguém e justamente por isso acabam por ser pessoas muito melhores... 
No nosso mundo moderno, cheio de tecnologias e vazio de sentimentos, os convivios, as amizades sinceras e o peso da palavra familia começam, para muitos, a desvanecer-se. Mas hoje, e por hoje, vou sair de casa, vou ao encontro destas pessoas. Organizámos um jantar de primos que coincide com o aniversário de um deles.
Sabem quantos primos paternos tenho eu?
Para lá de 30 e é com eles que vou estar agora!
E vai-me saber pela vida!

5 comentários:

  1. Aproveita bem esses momentos :)

    ResponderEliminar
  2. Ai que sorte teres tantos primos, eu só tenho uma e é pequenina =/ Imagino a animação... Diverte-te!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Ainda há excepções, ainda há quem mantenha os sentimentos bons ao cimo da pele e são momentos assim que valem a pena!

    ResponderEliminar

*