| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

MCF


 Faro      1998 - 2003

Eu fui!
Seis anos seguidinhos!
De carro, de mota e até à boleia, mas fui.
Hoje não ia, não voltava a ir, mesmo que oportunidade houvesse!
Mas confesso que ainda existe aqui dentro do estômago um bichinho, bem pequenino, é um facto, mas existe! Foram muitos anos de convívio, encontros e reencontros, a adrenalina de chegar, estar e partir. A sensação de liberdade que invade quem lá está.
Na Concentração Motard Internacional de Faro (tal como deve acontecer nas outras concentrações, festivais ou eventos do género) não há diferenças de idade ou estatuto profissional ou social, aqui somos pessoas, amigos e companheiros de estrada com o mesmo gosto em comum: as motas

Fui, inicialmente por rebeldia, depois pela adrenalina e depois pelas amizades, de cada ano trouxe histórias diferentes, sorrisos diferentes, cansaços diferentes. Hoje senti uma saudade, mas saudade de lá, de ver o ambiente e vir embora, de assistir a um concerto, encontrar um amigo ou outro e chegava. Hoje trocava estes 3, 4 ou 5 dias de Faro por um sitio mais confortável, mais calmo e onde reinasse a harmonia e o som dos passarinhos ou a calma do vento a bater nas árvores... Agora Faro? Concentração Motard de Faro? Pó, fumo, barulho, bebedeiras... Não obrigada!
Não matei bichinho, apenas o passei para outros que estão agora a caminho que espero que tudo corra bem


2 comentários:

  1. :-D

    O meu irmão diz que sempre que pode sai de Faro nestes dias.
    E se puder sai antes... e só volta depois.

    É bom para quem tem mota.
    Mau para quem tem casa.

    :-))

    ResponderEliminar
  2. Eu um dia vou...

    Este ano (ainda) não foi o ano :(

    ResponderEliminar

*