| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

os caminhos da vida


O amor é uma palavra tão forte, desperta tanto sentimentos que não é fácil entende-lo. Amor, ódio, paixão, solidão, medo, felicidade, tristeza, mas principalmente medo, medo de errar.
Mas errar em quê? Aí é que está o verdadeiro enigma que não se consegue muitas vezes desvendar. O medo de errar, nada mais, nada menos é, que ter medo da entrega ao amor e depois descobrir que a pessoa não é o príncipe que se esperava, e magoar-se, e mesmo até magoar a pessoa, o principe. Esse é um sentimento que não se consegue sentir de uma hora para outra. Mas como muitos dizem existe o amor a primeira vista, e eu digo que já me aconteceu isso, e posso dizer também que não é um amor qualquer ou um sentimento que não significava nada, mas um sentimento forte, que cresce cada dia, uma coisa tão boa de sentir, mas ao mesmo tempo tão má quando não se sabe se esse amor é correspondido. Algo mágico, que toda a gente quer sentir, mas muitas vezes quando sente encontra a decepção com o “príncipe encantado”.

Muitas vezes o caminho mais fácil, não é o melhor.
Mas quando se espera um príncipe encantado, há que relaxar, pois na hora certa ele chega, com certeza que irá chegar, enquanto isso aproveitam-se as oportunidades boas que o destino proporciona, mas lembrando sempre que cada um fará o próprio destino

3 comentários:

  1. Pode-se ter medo de errar... mas se nunca avançar e tentar, nunca vai saber se seria o "príncipe encantado", ou apenas a ilusão do "príncipe encantado".

    ResponderEliminar
  2. Que texto tão bonito. Sim, há que saber viver o timing das coisas e, sobretudo, confiarmos sempre em nós mesmas :)
    Beijinho

    ResponderEliminar

*