| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

E lá foi ele...


Para a escola mais "fich que lhe podia ter arranjado" dizia-me ontem no regresso a casa. E eu fiquei a olhá-lo enquanto entrava pelo portão, passava o cartão e descia a rampa que o vai levar ao pavilhão da sala de aula, no meio de tantos e tantos miúdos, uns pequeninos, outros bem crescidos, uma mistura de cores num corredor em que cada criança carrega consigo a esperança de uma mãe. 
Hoje não foi fácil ter de virar as costas e deixá-lo ali

9 comentários:

  1. Querida Smile, tenho a certeza que ele vai adorar a escola! Com um começo tão divertido, só pode! :)
    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Quando são pequenos custa sempre um pouco mas eles adoram aquele convivio com os outros miudos!

    ResponderEliminar
  3. Vai correr tão bem, eu penso que deve custá-los ver a crescer e a ter independência. E ainda por cima ele gosta da escola :)

    ResponderEliminar
  4. Se ele gostou a adaptação vai ser muito boa, vais ver :)

    ResponderEliminar
  5. O mais difícil é o início e ele parece estar a adaptar-se. Mas imagino que custe deixa-lo..

    ResponderEliminar
  6. (suspiro)Como te entendo...
    Mas, acredita que "doi" mais a nós do que a eles.
    Beijinho, querida :)

    ResponderEliminar
  7. Passar o cartão?
    Acho bem pela segurança dos miúdos.
    Que cena! Desconhecia essas modernices!
    E... é fixe ele gostar da escola :-))

    :*

    ResponderEliminar
  8. É por custar virar as costas que fui "proibida" de ir levar a minha piquena ao infantário. Chora ela e choro eu. :)

    ResponderEliminar

*