| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Ser irmã é assim,



reconhecer os defeitos, aceitá-los e viver com eles. Mesmo quando andamos às avessas uma com a outra, estamos sempre juntas. Sofremos de telepatia e basta-nos isso ou um cruzamento de olhares para distinguir o significado de palavras fortes usadas em alturas igualmente fortes.

Gosto desta cumplicidade que nos une

4 comentários:

  1. Parecia uma descrição das minhas filhas... sempre a pegarem-se... e sempre juntas!

    ResponderEliminar
  2. De certa forma entendo-te.

    Já é raro ver o meu irmão... mas ainda assim somos quando nos encontramos.

    Partilhámos o mesmo quarto quando éramos pequenos.
    Hoje eu feito já um Homem... nunca me esqueço.

    ResponderEliminar
  3. é tão bom quando assim é ... :)

    ResponderEliminar

*