| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Recuerdos


   " Do primeiro beijo...
E depois rimos, e achámos estranho. Na verdade, antes de começar, nós nem sabíamos por onde começar. Até ataque de riso eu tive. E pensava - Será que posso ou devo mesmo fazer isto? E se for estranho? E se num próximo encontro não nos conseguirmos olhar nos olhos? Mas, a meio do pensamento, aconteceu - o beijo - Senti-me um robot, pensei que o meu coração saltava pela boca, tentei abraça-lo, mas as mãos paralisaram, o mundo parou em meu nosso redor. Olhámos. Rimos. Voltamos a beijar, sem querer, querendo. Tentei não demonstrar o que senti, disfarçar a festa que acontecia dentro de mim. Quando me perguntou o que tinha sentido, olhei e sorri. Dentro daquele sorriso havia a maior manifestação de cada membro do meu corpo. Não sei o que ele pensou exactamente da minha não resposta, mas na verdade, foi tudo o que consegui dizer-lhe
1998


Naquela altura eu seria apenas uma adolescente, confusa e sem saber com que linhas se cose realmente uma paixão [e hoje sei!?], ainda assim é bom recordar e recordar-TE e para que te lembres também daquilo que fui, foste e fomos um dia segue via mail.