| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Tu, mi vida

A sorte grande da minha vida chegou num dia assim, de chuva e vento. Chegou rápida, com pressa, urgência. Disse-me que vinha à procura do amor, daquele amor único e indescritível, que faz rodar o mundo ao contrário, se preciso for. Disse que procurava o pulsar, a magia e o cheiro da vida. Chegou para ficar, para me acompanhar, para mudar a minha vida para sempre. Chegou num dia como este e por isso, dias assim [de frio, vento e chuva] não são dias tristes, são dias de recordar com saudade o tempo que teima passar rápido de mais

Para ti, "Piolho"

6 comentários:

  1. nem sempre a chuva traz coisas más =)

    Maria

    ResponderEliminar
  2. Pois eu adoro uma chuvinha e tempinho frio...
    Acho mais romântico e aconchegante*...
    No Brasil, o clima é muito quente.
    Me diz, o que tu quiseste dizer com "Camões teria dois olhos, se estivesse vivo.Por que?
    Boa tarde.

    ResponderEliminar
  3. Que lindo!! :)
    Adorei...eu não tenho uma história assim para recordar (sou feliz mas a minha felicidade chegou com neve e não chuva) mas gosto de chuva, casacos, gorros e cachecol e gosto mais ainda de histórias de amor :)

    ResponderEliminar

*