| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Tento, finjo e quase acredito



Tento fazer de conta que está tudo bem. Fecho os olhos a quase tudo e finjo que não sei que um pai tem obrigações em relação ao filho. Finjo não saber que há pais que colaboram nas despesas de educação dos filhos. Finjo não saber que há pais que acompanham os filhos ao médico, que participam nos eventos organizados pelo futebol, pela escola ou por outro organismo qualquer. Finjo não saber que há pais que amam realmente os filhos e que por eles dão tudo o que têm ou podem. Finjo também não saber que os pais ficam com a guarda partilhada dos filhos ou se ocupam deles durante fins-de-semana ou férias. E assim vivi até hoje, vivi na esperança de um dia o meu Piolho ter um pai que pensasse nele, que o pusesse em primeiro lugar, que se disponibilizasse para aquilo que fosse preciso, que estivesse ali, tal qual um pai. Mas não! Nem o Piolho tem um pai nem eu posso confiar naquilo que combino com ele. E é uma pena o meu Piolho ter um pai assim, tão ausente, tão descorado, tão desinteressado, tantas vezes... 

7 comentários:

  1. Acho que vocês deviam era juntar-se.

    Digo eu...

    ResponderEliminar
  2. Querida Smile, mais que ninguém, tu sabes que PAI, não é o gera, é o que dá amor e que cuida. Por isso de certeza que o Piolho, terá muitos Pais, ao longo da vida.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. espero que o teu piolho venha a ter o Pai que merece ... não o de nascimento, que já se sabe, mas alguém que o venha a mar muiiiito :)
    **

    ResponderEliminar
  4. Mas tem uma mãe que vale por Mãe + Pai. Sei que não é a mesma coisa,mas o que amas e te dedicas ao teu filho, irá compensá-lo de alguma maneira. Bj**

    ResponderEliminar
  5. Dear, pelos vistos tem uma mãe que vale por dois pais. As crianças tornam-se mais fortes. o pequeno é feliz consigo e quando for grande, irá dar um melhor exemplo aos filhos que vai ter. Grandes homens nasceram sem pai, sem os dois pais até. Ele tem a si! E um dia, se calhar vai passar pelo pai e vai ter pena dele...

    ResponderEliminar
  6. Aqui se faz aqui se paga. Com certeza deve ter desprezados muitos caras bonzinhos e foi escolher engravidar de um cafajeste vagabundo. Agora que ele largou você e tu está velha, arrombada, acabada, fudida, vem ficar de chororô e querer exigir homens de bem para relacionamento.

    Lamento te informar, mas homens de bem estudara, trabalharam, conquistaram graduações e pós-graduações, um patrimônio, tudo isso com muito suor. Esses homens foram rejeitados por mulheres que, assim como você, preferiram canalhas. Então deixe esses homens serem felizes com mulheres de verdade.

    Assuma ao menos uma vez na vida as consequências dos teus atos. A culpa não é dos homens por não te quererem e sim sua por engravidar de um desonrado só para tentar segura-lo num relacionamento.

    O choro é livre!

    ResponderEliminar

*