| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Meu filho

Levantar-me mais cedo que tu [consegui!] Pensar no quanto te amo Preparar-te o pequeno almoço Pensar no quanto te amo Deixar a toalha do banho a aquecer Pensar no quanto te amo Acordar-te Dizer que te amo Tomar o pequeno almoço contigo Dizer que te amo Enfiar-te no chuveiro Dizer que te amo Começar a ralhar pelo excesso de água e gás que não podes gastar Dizer que te amo Actualizar a lista de musicas do teu MP3 [mais que prometida] Dizer que te amo Ver contigo aquele filme gravado [quase] quando tu nasceste Dizer que te amo Sair para tomar café, já sei, eu a pé, tu de skate, na boa Dizer que te amo Voltar para casa para tratar do almoço Dizer que te amo Trabalhar em equipa - Eu cozinho, tu organizas - nós somos a equipa perfeita Dizer que te amo Almoçar contigo, na rua se houver sol, na sala se estiver frio [só porque é F-E-R-I-A-D-O-] Dizer que te amo Deixar a cozinha arrumada e sair Dizer que te amo Passar pela casa do teu amigo e carregar o skate Pensar no quanto te amo Ficar a olhar-vos nas vossas manoboras e acrobacias e quedas e o que vier Pensar no quanto te amo Obrigar a por capacetes e outras protecções Dizer que te amo [e por isso obrigo] Recostar-me e pegar no livro enquanto vos olho de raspão a casa milésimo de segundo Pensar no quanto te amo  Rir-me das tuas vossas quedas Pensar no quanto te amo Começar a chamar para ir embora Pensar no quanto te amo Continuar a chamar para ir embora Pensar no quanto te amo Ir embora Pensar no quanto te amo Deixar o amigo em casa Dizer que te amo Recordar os melhores momentos da tarde [as melhores quedas] Dizer que te amo Estudar em conjunto - uma hora Dizer que te amo Cantar contigo aquela musica pimba que passou na rádio, no regresso a casa e nos ficou na cabeça Dizer que te amo Pensar no que fazer o resto da tarde Dizer que te amo Deixar-te sair com os primos Dizer que te amo Pensar no jantar Pensar no quanto te amo Discutir o jantar Pensar no quanto te amo Fazer o jantar Pensar no quanto te amo Esperar por ti Pensar no quanto te amo Continuar à espera Pensar no quanto te amo Desistir de esperar Pensar no quanto te amo Jantar sozinha Pensar no quanto te amo Receber-te em casa depois de jantar com os primos Dizer que te amo Jogar uma partida de playstation - só uma - e não digas que vais daqui Dizer que te amo Banho a dois e uma casa de banho inundada Dizer que te amo Meter-te na cama Dizer que te amo Ouvir-te reclamar Dizer que te amo Voltar para a cozinha Pensar no quanto te amo Fazer-te aquelas bolachas no forno com pepitas de chocolate Pensar no quanto te amo Ler mais um livro que gosto Pensar no quanto te amo Deixar o teu telemóvel à carga Pensar no quanto te amo Voltar ao teu quarto, aconchegar-te a roupa Pensar no quanto te amo Dar-te um ultimo beijo desta noite Pensar em quanto te amo Fechar a porta do quarto Pensar no quanto te amo 



Amar é assim, incluir-te em tudo o que faço...

5 comentários:

  1. Sabes... o verdadeiro amor não cansa.
    E sabemos que é amor quando está sempre connosco no pensamento.

    :*

    ResponderEliminar
  2. Querida Smile, lindo este teu texto, sobre este teu amor incondicional. :)

    ResponderEliminar

*