| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Um dia bem passado

O pôr do sol estava lindo, as conversas agradáveis e a felicidade alheia explodindo por todos os lados, mas lá no fundo do poço do coração algo havia em falta.
Talvez seja preciso contentar-me com o que tenho e ser feliz com o que posso, mas não consigo interiorizar isso, acho sempre que preciso de mais, mais de mim, mais da vida, mais dos outros. Conheço bem essa história de que não se deve esperar nada de ninguém, mas não consigo não me importar se disse o oposto foi alguma tentativa de parecer mais forte do que aquilo que realmento sou
Por fora está sempre tudo muito bem, sorrisos ensaiados, olhares fixos, pulsos firmes e pés no chão, por dentro tudo inconstante, seja o sorriso ou a falta dele, o olhar em busca de um foco, as mãos tremendo e os pés resvalando. O Ser-Humano tem dessas coisas, ser forte é importante, nem que seja na aparência, ajuda a manter os batimentos cardíacos mesmo quando os pulmões já não conseguem respirar

4 comentários:

  1. Às vezes parece que as forças faltam.
    Mas vamos fazer o quê?
    Baixar os braços? Não podemos.

    ResponderEliminar
  2. Também eu sou assim, uma espécie de ser português ou de ser apenas... Força aí, espero um dia encontrar o que quero e desejo o mesmo para ti :)

    ResponderEliminar
  3. Verdade!
    Putz... Como é difícil viver...

    ResponderEliminar
  4. continuo a dizer que deve ser fantástico ter-te como amiga

    ResponderEliminar

*