| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

Sentei-me e chorei,


 não tive mais forças para me levantar, nem corrimão ou parede para me apoiar. Fui-me abaixo! Rebentei! Estou frustrada, angustiada, desesperada, cansada... Não sou perfeita e a minha sede de perfeição deixa-me, muitas vezes com sentimentos de carência e impotência. Nem sempre sou o que esperam, nem sempre aceito não ser capaz e dificilmente admito as minhas falhas. Não consigo agradar a todos nem estar em todo o lado ao mesmo tempo. Exijo demais de mim e daqueles que me rodeiam. Não estou doente, estou cansada de tanto peso que carrego nos ombros à demasiado tempo, e não consigo nem posso nem tenho como aliviar-me. Tenho apenas isto, o meu lugar para desabafar e a esperança que amanhã o sol renasça de novo para mim