| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

cães, nossos amigos





Se um cachorro fosse professor, 
aprenderiam-se coisas como: Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro. Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto. Mostre aos outros que estão invadindo o seu território. Tire uma sonequinha sempre e espreguice antes de levantar. Corra, pule e brinque todos os dias. Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem. Não morda quando um simples rosnado resolve a situação. Em dias quentes, pare e role, beba bastante líquidos e deite debaixo da sombra de uma árvore. Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo. Não importa quantas vezes o outro te magoa, volte e faça as pazes novamente. Aproveite o prazer de uma longa caminhada. Se alimente com gosto e entusiasmo. Nunca pretenda ser o que não é. Se quer se deitar em baixo da terra, cave fundo até conseguir. 


E o MAIS importante de tudo… 
Quando alguém estiver nervoso ou triste, fique em silêncio, fique por perto e mostre que você está ali para confortar.

5 comentários:

  1. e é bem verdade...
    com os animais podemos aprender muita coisa. uma delas, é saber olhar um outro olhar. ter um ouvido para saber ouvir quem precisa. ter parte do seu corpo sempre disponível para quem necessita dessa parte (um ombro, uma mão, um abraço, o calor de um peito, uma voz para ele ouvir...). é, estou a falar da dedicação entre os animais ditos, irracionais.




    a...té

    ResponderEliminar
  2. Às vezes dava-me jeito ter um cachorro em casa.

    ResponderEliminar
  3. sobretudo esse último paragrafo... tão poucas pessoas sabem fazê-lo!

    ResponderEliminar
  4. Os cães tê uma fidelidade que traduzida em no comportamento humano daria alguém sem personalidade,meio idiota, sem vontade própria ou auto estima.
    Adoro os animais, mas as relações humanas são mais de igual para igual e assim mais gratificantes embora também mais dolorosas.
    A frase 'quanto mais conheço os homens mais gosto dos animais' parece-me proferida por alguém muito infeliz e traumatizado.
    Um beijinho, Smile.
    Pões-me a pensar e gosto disso.

    ResponderEliminar

*