| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

O Inverno que caiu em mim...

E se ontem uma preocupação me invadiu, hoje uma tristeza tomou conta de mim. Vivi uma relação de merda porcaria, hoje olho para trás e penitencio-me por cada vez que me deixei para trás, por cada vez que não dei prioridade ao meu filho e por cada vez que abdiquei de tanto para hoje não ter senão culpa, a culpa! Agora vejo uma amiga-do-coração a passar pior o mesmo e quando lhe digo apenas pensa-mais-em-ti, sou mal interpretada, se lhe falasse um pouco do que sei, do que vejo e do que oiço, se a abanasse e lhe metesse as ideias no devido lugar não sei o que seria, sei apenas que não sei ser amiga apenas nos momentos bons e que não consigo ficar impavida e serena vendo a sua vida desmoronar-se mesmo atrás, como uma avalanche e ela fica ali, quieta à espera que a tempestade lhe passe ao lado. Às vezes vejo-a rebentar [a tempestade], mas há sempre uma mentira ou uma desculpa para a desviar o seu anjo protector mete-se sempre no meio e tudo acaba por lhe passar ao lado, mais uma vez, e outra, e outra. Por trás muitos se riem d'ela e isso doí cá dentro. Ontem chorei por ela e por mim, pelo amor e pela forma como as pessoas agem por ele, dizem... Afinal não era amor

12 comentários:

  1. Minha querida...
    Nem sempre conseguimos evitar que outras pessoas batam onde já batemos....por muito que queiramos evitar....
    Podemos ajudar e contar como foi connosco...mas de resto é esperar que tomem a decisao mais certa..
    beijinhos e muita força

    ResponderEliminar
  2. Como te compreendo!
    Ter a má experiência, identificar os comportamentos que estão na origem do que correu mal, e sentir que o nosso conhecimento, não faz a diferença na vida de alguém que nos é querido, e que precisaria aceitar as nossas palavras, para evitar sofrimentos futuros... dói!
    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. É exactamente isso, Benedita

    ResponderEliminar
  4. Anónimo7/20/2012

    tivesse eu quem me aconselhasse assim

    ResponderEliminar
  5. um dia ela vai apreciar os conselhos, mas ela, por agora, quer acreditar num conto de fadas... mantém-te perto... ela vai precisar de ti.

    ResponderEliminar
  6. Uma má experiência é apenas isso, uma má experiência, ainda assim tem algo de positivo, de alguma forma fez-nos crescer, logo era necessária para ser quem hj és... Creio que em tudo o que encontrares de negativo na tua vida haverá SEMPRE algo de positivo a retirar .... Deixaste para trás... evoluíste... não te arrependas de nada...
    Beijinho :)
    E um doce e tranquilo fim de semana

    ResponderEliminar
  7. Amor.
    Amar.
    É fazer alguém feliz ou é fazer alguém sofrer?

    ResponderEliminar
  8. Às vezes essas pessoas estão tão cegas que chegam a duvidar das "nossas" intenções, e claro que ela vai aprender por ela, vai cair, e tu estás a tentar evitar que lhe aconteça, mas ela não está nem aí,
    vai tentando, mesmo que não consigas,
    oferece-lhe o teu ombro quando ela precisar, talvez seja isto o máximo que podes fazer
    beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  9. As desilusões magoam, principalmente quando põem em causa a felicidade futura. Mas com o tempo, tudo se recompõem, felizmente.

    ResponderEliminar
  10. às vezes não conseguimos ajudar, temos de estar lá durante a avalanche e depois dela, porque mesmo que avisemos não chega, as pessoas estão tão cegas que não veêm o que está à frente. e custa.. mas só se dão conta quando tudo passar. Força querida

    ResponderEliminar
  11. é mais fácil para quem está de fora analisar bem as coisas, sobretudo se já passou pelo mesmo. custa ver os outros a cometer os mesmos erros mas a vida é assim, só aprendemos quando erramos.

    ResponderEliminar

*