| p r e f á c i o |

|odiario.blog@gmail.com|

a vida vai-se encarregando...

 " Guardei sobras para servir num prato frio. Aqui estão guardadas, conservadas, temperadas e prontas a servir, mas não para já, estas sobras são o que ficou da travessa entregue em tribunal. Juntei mentiras, omissões, lamechices e sentido de piedade, assisti a tudo na primeira fila, sem pestanejar, mantive-me calma e calada como me aconselharam, saí a perder, mas foi apenas a batalha, precisava de oferecer espaço de manobra à outra parte, dar-lhe a oportunidade de (voltar) a falhar e então ai levantar armas e lutar para vencer, despir-lhe a máscara e mostrar ao mundo a (sua) verdadeira cara " 

Escrevi isto quando saí do tribunal, mas ontem percebi que pequeno-filho tem uma bandeja igual parecida, vá! e muito embora a sua tenra pré-adolescência não lhe conceda grande experiência de vida ainda, há já situações em que dificilmente lhe passarão a perna